Baixada Santista é prioridade de Papa

O deputado federal João Paulo Papa foi o único a enviar recursos, durante todo o mandato, às nove cidades da região. Sempre presente, Papa lutou pelo fortalecimento da saúde pública, pois sabe que o setor precisa de todo apoio. Por isso, indicou mais de R$ 50 milhões à Baixada Santista, com foco nos hospitais de referência e unidades de saúde de Bertioga a Peruíbe.

Esses recursos beneficiaram diretamente a população da região e foram destinados, principalmente, para os hospitais regionais: Santa Casa, Hospital dos Estivadores, Guilherme Álvaro, Irmã Dulce, Santo Amaro, CREI e o Hospital Regional de Itanhaém, por exemplo.

“Logo que assumi o mandato comuniquei aos prefeitos da região que iria destinar todas as minhas emendas à Saúde. Santos concentra a maior parte dos equipamentos do setor e atende toda a população da Baixada Santista”, explica Papa.

Saneamento Básico – O direito de cada brasileiro ao Saneamento Básico é outra luta de Papa no Congresso Nacional, que o tornou referência da área. O deputado foi eleito por quatro anos seguidos presidente da Subcomissão de Saneamento Ambiental (Sanear), colegiado criado por Papa e que reúne especialistas e entidades de todo o País.

Foi ainda o idealizador das 20 recomendações para o Brasil avançar na universalização do Saneamento Básico e no Uso Racional da Água. É também de autoria de Papa o projeto de emenda à Constituição (PEC) para incluir na Carta Magna o Saneamento Básico como direito social.

Novos acessos e Porto – O deputado da Baixada Santista também se dedicou para garantir as obras dos novos acessos ao Porto de Santos e conseguiu a liberação de financiamento de R$ 80 milhões para a Prefeitura realizar as intervenções na entrada da Cidade. Para os portos brasileiros, inclusive o de Santos, Papa elaborou o projeto que cria o Fundo de Investimento em Infraestrutura Portuária, que vai auxiliar na modernização dos portos ao destinar ao menos 50% do que a União arrecadar nos leilões de terminais e áreas portuárias ao complexo de origem do recurso. Isso vai gerar melhorias na infraestrutura, mais empregos e dinamizar o mercado.

 Emprego e Trabalhadores – Durante o mandato, Papa foi sensível à questão do trabalho e aos direitos dos trabalhadores de vários segmentos. Defende os portuários no impasse dos pagamentos pendentes pelas companhias docas ao fundo de pensão Portus. Lidera a Frente Parlamentar da Química para impulsionar o setor e gerar mais empregos, especialmente no polo petroquímico de Cubatão e na Baixada Santista.

Papa atua para a regulamentação da profissão dos agentes de trânsito e já conseguiu a regulamentação da profissão de marinheiro de esporte e recreio, que são 12 mil profissionais no Brasil.

Ação Social – Papa também teve uma atuação marcante em questões sociais, como a conquista do Restaurante Bom Prato em Cubatão, a continuidade das obras das habitações populares do Conjunto Tancredo Neves, a luta pelos direitos dos idosos na Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, a retomada da sede da Associação Japonesa de Santos e a garantia de serviços essenciais à população, como recapeamento e pavimentação de vias de cinco cidades: Peruíbe, Itanhaém, Mongaguá, Cubatão e Bertioga.

Ainda para os moradores da Baixada Santista, Papa foi decisivo na suspensão dos reajustes abusivos que seriam aplicados para os que residem nos chamados terrenos de marinha, em 2016. A Secretaria de Patrimônio da União (SPU) aplicaria reajuste de mais de 500%. O deputado conseguiu barrar a ação e limitá-la à inflação do período.

Segurança – Preocupado com o tema em seus vários aspectos, o deputado federal Papa criou projeto de lei que obriga a veiculação de mensagem de advertência sobre o crime de receptação; disciplinou a sinalização náutica em todo território nacional e conquistou para Bertioga uma nova unidade de resgate e para Santos uma nova viatura para o Corpo de Bombeiros. Além disso, propôs na Política Nacional de Mobilidade Urbana prioridade ao pedestre e ao ciclista nos deslocamentos urbanos.

Aeroporto e Trem Turístico – Papa tem trabalhado para a abertura do aeroporto da Base Aérea do Guarujá e para a ampliação do aeroporto de Itanhaém. Ainda visando o desenvolvimento regional, Papa defende a implementação de um trem turístico ligando os municípios do Litoral Sul e parte do Vale do Ribeira.

Compartilhar
2018-10-02T18:50:39+00:00