Retrospectiva: Papa defende Santas Casas e hospitais filantrópicos

Na Câmara dos Deputados, João Paulo Papa compõe a Frente Parlamentar em defesa das Santas Casas e Hospitais Beneficentes. Foi um dos principais articuladores da aprovação do Projeto de Lei, em outubro, de autoria do senador José Serra, que criou uma linha de financiamento especial para essas entidades pagarem suas dívidas e se reestruturarem – programa conhecido como “Pró-Santas Casas”
Além disso, trabalhou firme, em dezembro, pela derrubada de vetos que impediam entidades em débitos com a União acessassem os recursos – isso inviabilizaria praticamente metade das entidades a firmarem os financiamentos. “Os hospitais beneficentes e Santa Casa são os pulmões do SUS no País. Com o veto, entidades como a Santa Casa de Santos, Beneficência Portuguesa e Hospital Santo Amaro, por exemplo, não iriam cumprir os requisitos e estariam de fora. Foi uma grande vitória da saúde pública brasileira a aplicação da Lei do senador Serra da forma que foi aprovada no Congresso”, detalhou Papa, reiterando que 1,7 mil instituições de todo o País serão beneficiadas.
O parlamentar também se posicionou contra as mudanças nas regras nos planos de saúde, que podem resultar em aumentos para aqueles que tem mais de 60 anos. O parlamentar defende que os reajustes sejam tabelados de forma mais clara, evitando aumentos abusivos.

Depoimento – Edson Rogatti, presidente da Confederação Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos.

“O Papa ajudou muito a gente, em todas as comissões, em todos os momentos. Foi fundamental para aprovarmos esse projeto e defendermos as Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de todo o País!”

Compartilhar
2018-07-30T13:29:39+00:00